Sobre cytotec

faça um  print dessa página e mande pelo whatsapp

+55 42 98610269

THOR

este é o cytotec original

 

Doses usuais

Estômago

Para tratamento de úlceras duodenais as doses estabelecidas por via oral são de 200 mcg, 4 vezes por dia antes ou depois das refeições e ao deitar. Na prevenção de lesões gastrintestinais provocadas por AINE utiliza-se 200 mcg 2 a 4 vezes por dia, antes ou depois das refeições e ao deitar-se.[16]

Como abortivo e facilitador do parto

Em hospitais, nas interrupções terapêuticas da gravidez, indução de parto em morte fetal intra-uterina, tratamento farmacológico de aborto espontâneo ou indução de parto, dependendo do caso pode receber doses de 200µg a 800µg por via vaginal, sublingual ou bucal de tempo em tempo e quantidade específica de acordo com o tempo de gestação e sob critério médico. As doses aplicadas são reduzidas para um mínimo que tenha efeito satisfatório. Dependendo do caso pode ser efetuada administração conjunta com mifepristona.[17] Também existem apresentações de 25 mcg utilizadas em casos de colo uterino imaturo, na indução de parto quando não há riscos maternais e fetais.[18]Estudos demonstram que doses de 25 mcg sublingual e 25 mcg vaginal possuem a mesma efetividade e segurança.[19]

Usos clínicos

  • Aborto farmacológico.
  • Tratamento de ulcerações gástricas.
  • Tratamento de disfunção eretora (vasodilatador).
  • Facilitação do parto, ou evolução de aborto.
  • Anticoagulante, e pessoas com hipersensibilidade à heparina.

Efeitos adversos

O efeito adverso mais comummente reportado após a toma oral de misoprostol para a prevenção de úlceras é a diarreia. Em ensaios clínicos, cerca de 13% dos pacientes reportaram diarreia, que geralmente está associada com a dose e que costuma surgir no inicio do tratamento (após 13 dias) e que desaparece por si mesma(geralmente após 8 dias) mas que em alguns casos(2% dos pacientes) foi necessário parar o tratamento.[20]

 

O misoprostol não deve ser tomado por mulheres grávidas para reduzir o risco de úlceras gástricas induzidas por anti-inflamatórios não-esteroides pois aumenta o tônus uterino e contrações durante a gravidez, que podem causar um aborto parcial ou completo. Não devem também fazer esse uso porque foi associado com defeitos de nascença.[20][21]

Todo o amadurecimento cervical e agentes de indução podem causar hiperestimulação uterina, o que pode afetar negativamente o fornecimento de sangue para o feto e aumentar o risco de complicações, como a rutura uterina.[22] Algumas preocupações foram levantadas relativamente ao facto do tratamento da hiperestimulação uterina que ocorre durante o uso de misoprostol para provocar o parto, ser mais difícil do que quando induzida por outros fármacos.[23] Porque as complicações são raras, é difícil determinar se o misoprostol tem um risco maior que outros fármacos que causam amadurecimento cervical. Uma estimativa diz que seria necessária a participação de 61.000 pessoas um ensaio clínico para poder detetar uma diferença clínica significativa em complicações fetais sérias e cerca de 155.000 pacientes para detetar uma diferença significativa em complicações maternais sérias.[24]

Contra-indicações

O medicamento não pode ser usado de maneira alguma na gravidez e em pacientes com antecedentes de alergia ao principio ativo. Pode induzir efeitos teratogênicos no feto.[25]